ANUNCIE AQUI!
02/12/2016

Prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera é presa na 2ª fase da Operação Sevandija

Foto: Divulgação

A prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera (PSD), foi presa na manhã desta sexta-feira, 2, em sua casa, na cidade do interior paulista, na Operação Mamãe Noel, deflagrada pela Polícia Federal e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de São Paulo (Gaeco). A ação cumpre mandados de prisão preventiva, de busca e apreensão e bloqueio de bens em três cidades do Estado de São Paulo, e é a segunda fase da Operação Sevandija, iniciada em 1º de setembro, que apura o desvio de um total de R$ 203 milhões nos cofres públicos da cidade do interior paulista. De acordo com a PF, Dárcy foi presa a pedido da Procuradoria Geral do Estado. A polícia e o Gaeco darão entrevista coletiva para detalhar a operação e as outras prisões às 10h30 desta sexta, na sede do Ministério Público de Ribeirão Preto. Segundo a Polícia Federal, a nova operação apura crimes de peculato, falsidade ideológica, uso de documento falso, corrupção ativa e passiva, entre outros. O nome “Mamãe Noel”, é uma referência às evidências de que a ex-advogada do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ribeirão Preto Maria Zuely Librandi repassou, entre 2013 e 2016, mais de R$ 5 milhões aos demais denunciados, em dinheiro e cheques, desviados ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolíciaPolítica
01/12/2016

MP fiscaliza lançamento de revista da administração Gaspar

Abarca Reformas 17

O objetivo foi evitar propaganda pessoal com recurso público. Outras 20 mil unidades confeccionadas foram incineradas. Motivo: uma foto proibida de Waldemir estampava uma das páginas. A mais nova edição da revista da administração de Manoel Gaspar (PMDB) não terá o mesmo fim, porém, o Ministério Público (MP) quer impedir promoção pessoal. O vazamento da informação sobre a impressão do material provocou estranheza pelo fato de o mandato estar no fim. Numa rápida fiscalização o promotor público teria orientado a não postar nenhuma foto de político, a logomarca da administração, bem como, desautorizou a publicação de duas páginas que apareceriam as supostas “conquistas históricas” para Tupã. No entendimento do MP se são históricas não deveriam compreender apenas o período das três administrações de Manoel Gaspar – 1997/2000, 2001/2004 e de 2013/2016. Ou seja, existiriam outras conquistas históricas. Por exemplo, uma que o próprio prefeito fez estampar nas páginas dos jornais nesta quarta-feira (30) – sobre qualidade de vida - em que pesquisa da Sabesp comprovaria a qualidade do saneamento básico em Tupã. A conquista é histórica e foi viabilizada a partir da gestão de Carlos Messas que foi visionário ao estabelecer parceria com a estatal. É evidente, que ao longo de mais de 30 anos, a empresa foi promovendo outros investimentos. Marília é exemplo ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Polícia
30/11/2016

Justiça manda prender ex-prefeito de Ilha Solteira, Edson Gomes (PP)

Zemanta Related Posts Thumbnail

Além de Edson Gomes, irmão do ex-deputado federal Vadão Gomes, tiveram a prisão decretada o diretor de Cultura e um empresário por fraudar licitações de eventos e shows de Michel Teló e Paula Fernandes. A Justiça de Ilha Solteira determinou a prisão do ex-prefeito do município Edson Gomes (PP). Ele, que foi o mais votado na eleição em outubro para voltar ao cargo, teve a votação cancelada por ser considerado inelegível. Gomes é acusado fraudar em licitação. Segundo denúncia oferecida pelo Ministério Público, contratações de empresas que intermediaram shows de artistas como Paula Fernandes e Michel Teló para a Prefeitura são irregulares. Em 2011, empresa de Usley Vieira recebeu R$ 178 mil para intermediar shows sem ter contrato de exclusividade com os artistas, o que é irregular, aponta o Ministério Público. Já contratação da banda Alma, em 2010, teve participação de Nilson Miranda Nantes, diretor de Cultura de Ilha Solteira na época, pelo valor de R$ 6 mil. Segundo a denúncia, Nantes e Vieira teriam “agido em conluio para o superfaturamento dos preços contratados”. Vieira e Nantes foram presos na manhã desta terça-feira, em Ilha Solteira. A Justiça recebeu a denúncia em abril. De acordo com dados do Ministério Público, os acusados teriam agido para atrapalhar andamento das investigações. Por isso foi ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
28/11/2016

SOMBRA: Valter Moreno deverá ser o próximo presidente da Câmara

Sombra 1

A decisão ocorre por receio da interferência de Ribeirão sobre o pastor Rudynei Monteiro (PP). Mesmo sem conseguir sua reeleição, o presidente do PP, Antônio Alves de Sousa, “Ribeirão”, segue fazendo sombra ao Legislativo e sobre o futuro Executivo. Por isso, as negociações entre Ricardo Raymundo (PV), Caio Aoqui (PSD) e os vereadores reeleitos e eleitos seguiram a estratégia convencional: minar qualquer possibilidade de Ribeirão dar as cartas sobre a Mesa Diretora da Câmara e articular sobre os próximos mandatários da prefeitura. O receio está numa eleição de Rudynei à presidência da Câmara. Ele poderia ser um “braço” de Ribeirão. Ainda há também aqueles que suspeitam de que Ribeirão vai articular para assumir a cadeira de suplente. Portanto, o pastor agora sofre mais essa pressão após sua aproximação ao polêmico vereador.   Para alguns interlocutores de Rudynei, a cadeira de presidente lhe “blindaria” de supostos assédios de Ribeirão. Já o futuro prefeito e seu vice não querem correr nenhum risco com Rudynei comandando a casa e com uma composição da Mesa favorável às influências riberianas – mesmo descartando um possível retorno do parlamentar. Sendo assim, daqueles que tinham pretensão de disputar a presidência da Câmara, Rudynei poderia ser eleito com apenas 6 votos. Um racha poderia beneficiar o partido comandado por Ribeirão. Com os esforços ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
25/11/2016

Na UTI: sem conseguir cumprir metas, Secretaria de Saúde do Estado pode fechar São Francisco

Passeata

A confirmação sobre a crise vivida pelo São Francisco foi ratificada nesta sexta-feira (25) pela direção da unidade que admitiu rombo de R$ 12 milhões e descumprimento de metas exigidas pelo Estado. Por conta disso, além da situação financeira precária que justificaria o fechamento das portas da instituição, a Secretaria de Saúde do Estado também pode determinar o encerramento das atividades do hospital. Neste momento de falência "múltipla de órgãos", a população até sente-se sensibilizada com a situação dos funcionários e pela ausência de atendimento, mas também questiona a falta de transparência da diretoria, que na maioria das vezes, sonega informações. Os diretores só vieram à imprensa quando não existia outro meio para justificar o descumprimento de suas funções, a falta de atendimento no Pronto Socorro e até dos associados do plano Unimed. Já os cerca de 280 funcionários e médicos se juntam à população para uma passeata na Avenida Tamoios, neste sábado (26), a partir das 9 horas, com objetivo de chamar a atenção para o problema e como forma de pedir socorro aos autoridades políticas para tentar impedir o encerramento das atividades da unidade hospitalar.

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Cidade