ANUNCIE AQUI!
12/05/2021

Toninho de Favere questiona contradição sobre oxigênio

Toninho de Favere estranhou a nota

"Não é a primeira vez que a usina da Santa Casa de Misericórdia de Tupã se torna insuficiente para atender a todos os pacientes", confirmou o noticiarista. O jornalista e apresentador do programa Rotativa no Ar, Toninho de Favere questionou nota da Prefeitura que tenta esclarecer à população quanto a eventual falta de estrutura da Santa Casa pare atender a demanda de pacientes com Covid-19. O texto diz que, ao contrário do que foi divulgado pelo blog jotaneves.com - o hospital não corre risco de suspender o atendimento por falta de oxigênio. A suspensão já ocorreu. Foi ontem, dia 11 - citou o blog.  A CONTRADIÇÃO O secretário de Saúde, Dr. Miguel Ângelo de Marchi, desmentiu a afirmação, lembrando que a Santa Casa possui usina de oxigênio, capaz de suprir a necessidade. Ao mesmo foi contraditório, porque a seguir ele diz: “A Santa Casa suspenderá temporariamente somente os atendimentos que necessitem de oxigênio devido à utilização de todos os terminais de fornecimento de oxigênio, já que seis pacientes estão recebendo oxigênio enquanto aguardam liberação de leitos para internação na enfermaria". TONINHO QUESTIONA - Espera aí, não havia afirmado antes que estava tudo normal? Agora aqui diz que deverá haver suspensão porque tem seis recebendo oxigênio, questionou de Faveri, para em seguida dar prosseguimento a leitura. “O secretário de ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CovidSaúde
12/05/2021

Por falta de oxigênio, mulher é mantida em ambulância por três horas

UPA sobrecarregada e funcionários também sob pressão

A madrugada foi tensa na Santa Casa por falta de estrutura para suprir a demanda. Cilindros de oxigênio vazios, pacientes esperando por atendimento e internação, vítimas de Covid-19 em ambulância por até 3 horas e a transferência de um suposto “médico” para a UPA, pela necessidade urgente de ser colocado no oxigênio - foram cenas que marcaram as últimas horas de equipes médicas sob pressão na Santa Casa de Tupã. Do outro lado da cidade, equipes correndo para atender os vários casos de suspeitos de Covid e diagnóstico positivo para a doença – misturados a pessoas que também buscavam atendimento médico para outras enfermidades. Uma delas, já aguardava havia quatro horas. A noite chegou e o drama aumentou. DIÁLOGO PREOCUPANTE De repente, uma das médicas que atendia na UPA recebe uma ligação através de seu relógio smartwatch - que possui conectividade Bluetooth e é capaz de até mesmo realizar ligações telefônicas diretamente do seu pulso. A interlocutora diz ter recebido um telefonema da Santa Casa e que por falta de oxigênio o hospital iria parar o atendimento e que os pacientes deveriam ser alocados ou permanecer na UPA. Neste momento estabeleceu-se uma convenção. Foi conversado entre a equipe da UPA em quais salas deveriam permanecer os casos confirmados de Covid e, até a sala de triagem ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CovidSaúde
11/05/2021

EXCLUSIVO: SANTA CASA DE TUPÃ PODE PARAR ATENDIMENTO POR FALTA DE OXIGÊNIO

Foto: Ilustrativa

O colapso na Santa Casa gera uma grande confusão entre equipes da saúde. Pacientes são encaminhados para a Santa Casa, mas o atendimento está comprometido por falta de pessoal e de estrutura.   A equipe médica da Santa Casa havia solicitado por volta das 20 horas, que duas salas fossem reservadas na Unidade de Pronto Atendimento para receber vítimas de Covid. Uma das salas é a da própria médica que atende no local e a outra a de triagem. Agora à noite informação ainda extraoficial dava conta de que o hospital vai fechar as portas para atendimento ao público por falta de funcionários e até de oxigênio. O comunicado foi passado para a UPA no sentido de se preparar para atender a demanda de pacientes que devem ser encaminhados para a Unidade. O colapso no sistema foi divulgado hoje pelo blog após constatar que desde o fim de março os leitos da enfermaria e da Santa Casa passaram a funcionar com 100% da ocupação. Outra informação é a de que há 9 pessoas intubadas. O boletim epidemiológico divulgado na noite de hoje pela Prefeitura da conta de cerca de 100 pessoas diagnosticadas com Covid-19, nas últimas 24 horas e mais de 534 em período de transmissão. Leia também:  E DAÍ? Quem abrir, vai fechar

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CovidSaúde
11/05/2021

Covid já matou 15 em Tupã, em apenas 10 dias de maio

cemitério 1

Agora, uma pessoa morre vítima da doença a cada 16 horas, em abril a média era de 24 horas. O novo boletim epidemiológico divulgado ontem (10) revelou que o número de óbitos saltou para 147, nos primeiros dez dias de maio. O mês de abril terminou com 132 mortes registradas deste o início da pandemia. Já são 91 mortes só neste ano, contra 56 em 2020. Os números de pessoas infectadas e em período de transmissão segue preocupando as autoridades de saúde e o sistema hospitalar praticamente entrou em colapso. Os leitos de enfermaria e UTIs seguem com 100% de ocupação. Nas redes sociais os tupãenses já defendem medidas mais duras para conter o avanço da doença, como por exemplo, um lockdown. As unidades de saúde, UPA e em laboratórios particulares é cada vez maior o número de pessoas que confirmam positivo para coronavírus. TRAJETÓRIA Dezenove de março foi o último dia de relativa tranquilidade na enfermaria e UTI da Santa Casa, com taxa de ocupação de 40% e 80%, respectivamente. Três dias depois, os leitos de UTI passaram a ter ocupação de 100%. Na mesma velocidade, os leitos da enfermaria também foram sendo ocupados, a partir do fim do mês. Leia também:  Caio Aoqui diz que não permitirá a abertura indiscriminada do comércio

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CovidSaúde
10/05/2021

Caso “Gil Capoeira”: Santa Casa nega negligência no atendimento

Gil Capoeira

NOTA DA SANTA CASA  A Santa Casa de Tupã vem, por meio desta, esclarecer algumas informações sobre o caso do paciente Gilberto Aparecido dos Santos, que esteve sob os cuidados da instituição entre os dias 8 e 9 de maio de 2021. Antes de mais nada, o corpo clínico da Santa Casa lamenta profundamente o óbito do paciente e se solidariza com os familiares e amigos pela perda. Segundo registrado no prontuário, Gilberto deu entrada no setor de isolamento por volta das 17h30 do dia 8/05, estando no décimo dia da infeção por Covid-19, com comprometimento pulmonar grave evidenciado pela tomografia, queda de saturação e necessidade de suplementação de oxigênio, através de máscara com reservatório 15l/mim. Ele foi prontamente recebido pela equipe médica e de enfermagem sendo atualizado sobre o caso. O paciente também foi informado sobre os cuidados necessários durante sua internação, como solicitar auxílio para realizar atividades básicas e usar o banheiro, já que necessitaria de suplementação contínua de oxigênio. Com relação à alteração de glicemia, a Santa Casa esclarece que muitos são os fatores que contribuíram para o agravamento do quadro, incluindo a doença de base, infecção ativa e uso de corticoide. A correção foi realizada com insulina seguimento, de acordo com protocolo para pacientes graves internados. Na manhã do domingo (9), ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CovidSaúde