ANUNCIE AQUI!
23/08/2019

Fernando Itapuã assume gerência regional da CDHU em Marília

Itapuã ocupou o gabinete de prefeito por 8 anos e fez de seu vice, um sucessor com 80% dos votos

"A gente faz política para melhorar a vida das pessoas". A habilidade política de Itapuã despertou o interesse de vários partidos e do governo estadual. O governador João Doria (PSDB), através do secretário estadual da Habitação, Flavio Amary nomeou gerente regional da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), o ex-prefeito de Quintana, Fernando Branco Nunes, o popular Fernando Itapuã (PSD). Itapuã assume o lugar que vinha sendo ocupado pelo engenheiro e ex-secretário de Obras municipais de Marília, Antônio Carlos Nasraui, o “Ninho”. O engenheiro é tradicional aliado político dos Camarinha. Em entrevista concedida ontem à Jovem Pan – Marília, o ex-prefeito disse que pretende somar à equipe da regional do órgão e contribuir no atendimento aos mutuários, agilizando a prestação de serviços aos mais de 50 municípios sob a jurisdição da CDHU. - A expectativa é das melhores. A gente faz política para melhorar a vida das pessoas e, nessa nova empreitada, para auxiliar na realização de um sonho de toda família, que é conseguir uma moradia. DINÂMICO Fernando Itapuã é considerado uma jovem liderança na região Oeste do estado. Por oito anos foi o chefe do Executivo de Quintana e fez sucessor na gestão municipal. Em 2008, filiado ao então PSC, aos 28 anos foi eleito um dos mais jovens prefeitos do Estado. Em 2012, ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
22/08/2019

INFORME PUBLICITÁRIO: Contribuintes podem regularizar débitos até 30 de agosto

Zemanta Related Posts Thumbnail

Por: Assessoria de Imprensa MAIS INFORMAÇÕES ACESSE: https://www.tupa.sp.gov.br/…/contribuintes-podem-regulariza… A Prefeitura de Tupã, por meio da Secretaria Municipal de Finanças, informa que o prazo para o aproveitamento dos benefícios do Programa Especial de Regularização Tributária (PERT) se encerra na próxima sexta-feira (30). Para aderir ao programa, os interessados devem procurar a Central de Atendimento do Paço Municipal. Também na Central de Atendimento, o contribuinte poderá obter as informações sobre os valores devidos, quitação ou parcelamento de seu débito. Periodicamente, a Prefeitura de Tupã convoca, através de notificações, os contribuintes com débitos em aberto para regularização. Se o débito foi lançado até o ano de 2018, o contribuinte pode verificar a possibilidade de aderir ao PERT. O prefeito Caio Aoqui salientou a importância de os contribuintes estarem em dia com os tributos municipais. Ele também comentou as vantagens do PERT para os contribuintes e para a administração. “É muito importante que os munícipes estejam em dia com os tributos municipais, mantendo a normalidade na arrecadação municipal, evitando o pagamento de multas, juros e entre outros encargos por causa de atrasos. Estamos reduzindo a burocracia, incentivando os contribuintes a aderirem ao PERT, que é uma grande oportunidade de ficar em dia com os tributos municipais. Lembrando que o contribuinte que pretende aderir ao programa tem somente até o dia ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadePolítica
15/08/2019

Sindicalista preso em operação da PF tem casa com ‘estádio’ particular e escultura gigante de chinelo

Detalhe da escultura imitando um chinelo gigante e o letreiro do 'estádio' — Foto: Divulgação/Polícia Federal

José Avelino, conhecido como 'Chinelo', é apontado como chefe de organização suspeita de desviar recursos da Prefeitura de Araçatuba (SP). Ele foi preso na tarde de terça-feira (13). Fonte: G1 Rio Preto e Araçatuba O sindicalista e empresário José Avelino, que foi preso temporariamente durante a operação da Polícia Federal '#TudoNosso', deflagrada na manhã de terça-feira (13) em combate à corrupção na Prefeitura de Araçatuba (SP), tem ‘estádio’ de futebol com arquibancada e iluminação, e até escultura gigante de chinelo, referência ao seu apelido, em sua casa. De acordo com a Polícia Federal, José é considerado o chefe de um grupo investigado por desviar recursos da Prefeitura de Araçatuba por meio de contratos fraudulentos e por possuir forte influência política na região. Nos últimos dois anos e meio, a polícia acredita que a organização criminosa movimentou mais de R$ 15 milhões. Ao todo, 15 suspeitos foram presos em Araçatuba, Itatiba, Jundiaí e Bauru (SP) até quarta-feira (14). Só em Araçatuba foram 12 pessoas levadas à delegacia, entre elas os ex-servidores municipais que ocupavam cargos de confiança, os chamados comissionados, mas que foram demitidos, na manhã desta quarta-feira (14). 'Estádio' e 'chinelo' Vídeos gravados e divulgados pela Polícia Federal mostram o tamanho da propriedade, em Clementina (SP). O local tem piscina, área de convivência, casas e uma réplica do ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoPolíciaPolítica
13/08/2019

Tiago Matias: Advogado não acredita que Justiça de Tupã contrarie decisão do TJ

Ricardão

Tribunal de Justiça trancou a ação por suposta corrupção passiva praticada pelo parlamentar tupãense, agora segue apenas a civil, por improbidade administrativa. O advogado especialista em direito público, criminal e processo civil, Ricardo Negrão informou que após a vitória no Tribunal de Justiça vai informar a extinção do processo criminal pelo TJ ao juízo civil de Tupã, e acredita que ao prolatar a sentença, dificilmente irá contrariar a uma decisão de três desembargadores. - Não vejo onde o juiz pode se apegar para impor uma sanção por improbidade de um fato que não consistiu em crime. Os desembargadores do TJ entenderam que por “falta de justa causa” a ação penal por suposta pratica de corrupção passiva contra o vereador Tiago Munhoz Matias (PRP) deve ser trancada. O edil era acusado de crimes praticados por funcionários públicos contra a administração a partir de denúncia feita pelos vereadores Paulo Henrique Andrade (PPS) e Charles dos Passos (PSB). Segundo eles, na tentativa de provar eventual cooptação de parlamentares por parte do ex-prefeito Ricardo Raymundo (PV) tomaram conhecimento de que o ex-assessor parlamentar Fernando Oliver Amato teria uma gravação de Tiago solicitando divisão salarial caso assumisse a Secretaria da Juventude. Por duas vezes a Justiça determinou o afastamento de Tiago dos trabalhos da Câmara, mas seus advogados Victor Anuvale e ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoJustiçaPolítica
13/08/2019

Polícia Federal faz operação em combate à corrupção em Araçatuba

Zemanta Related Posts Thumbnail

Estão sendo cumpridos 14 mandados de prisão temporária e 37 mandados de busca e apreensão na operação Tudo Nosso. Ações ocorrem em Araçatuba (SP), Clementina (SP), Itatiba (SP) e Jundiaí (SP). Por G1 Rio Preto e Araçatuba A Polícia Federal em Araçatuba (SP) deflagrou na manhã desta terça-feira (13) a operação "#TudoNosso" em combate à corrupção na prefeitura de Araçatuba, no interior de São Paulo. Mais de 150 policiais federais estão nas ruas para cumprir 14 mandados de prisão temporária e 37 mandados de busca e apreensão. As ações ocorrem em Araçatuba, Clementina (SP), Itatiba (SP) e Jundiaí (SP), além da capital paulista. Até as 8h, duas pessoas haviam sido presas em Araçatuba. De acordo com a PF, a investigação apura fraudes em licitações. Um empresário, sindicalista e presidente de diretório político em Araçatuba, de 64 anos, é suspeito de fazer contratos fraudulentos com a prefeitura. Policiais federais cumprem mandados na prefeitura de Araçatuba e simultaneamente em quatro secretarias municipais, e na sede do diretório político coordenado pelo sindicalista, apontado pela investigação como líder da organização criminosa, e em outros endereços comerciais e residenciais relacionados às empresas e investigados. Na casa do sindicalista, em Itatiba, os policiais apreenderam joias, dinheiro e droga. Já na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas Mecânicas e de Material Elétrico de Itatiba e Região, presidido pelo filho do ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Corrupção