ANUNCIE AQUI!
15/02/2017

Foça maior

Jota-estúdio-300x226

Por motivo de força maior ausentamo-nos temporariamente das redes sociais, bem como, do blog. Peço a compreensão de leitores, colaboradores, seguidores, amigos e amigas e, espero em breve restabelecer essa parceria de confiança que já dura décadas desde o período de minha estreia no rádio - informando e mostrando fatos que, na maioria das vezes, não são notícia na imprensa comum. Obrigado!

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Cidade
09/02/2017

Hóspede oficial: Ricardo leva secretário forasteiro para dentro da própria casa

Renato Teixeira

Isso aconteceu depois que o blog não o encontrou hospedado em nenhum hotel da cidade como havia informado Ricardo Raymundo. Agora, também, não haverá mordomia com apenas 2 dias de trabalho por semana. Depois de infringir a Lei Orgânica do Município (LOM) e faltar com a verdade ao anunciar à imprensa de que o advogado Renato Aparecido Teixeira estaria hospedado em casa de parentes ou em um hotel em Tupã, o prefeito José Ricardo Raymundo (PV) encontrou uma “solução” caseira para tentar resolver mais um impasse envolvendo o seu secretariado: levou para dentro da própria casa o especialista em direito público. Em entrevista ao site MaisTupã, direto da sala da casa do prefeito, Teixeira desmentiu que teria sido contratado para trabalhar apenas 8 dias por mês. Segundo ele, o expediente interno é que seria de apenas dois dias. Já os demais dias da semana seriam utilizados para expediente externo. Expediente externo, poderia por exemplo, ser feito de João Ramalho – cidade onde ele reside. Mas, diante da polêmica, o advogado que tem como padrinho político o deputado federal Evandro Gussi (PV) pretende mudar os planos, pelo menos por enquanto. Entretanto, o setor de Recursos Humanos da prefeitura ainda não forneceu a documentação da nomeação do secretário de Assuntos Jurídicos ao vereador Rudynei Monteiro ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
08/02/2017

Ex-secretário de Trânsito de Tupã é outra vez vítima do próprio filho

Droga estava escondida no veículo Fiat Prêmio. (Foto: Reprodução)

Além de tentar envenená-lo, como o blog havia antecipado, o rapaz também praticou extorsão contra a família da ex-mulher mediante falsa comunicação de sequestro. Agora, foi acusado de 'plantar' cocaína em carro para incriminar o próprio pai, segundo a Polícia. A Polícia Civil esclareceu uma falsa comunicação de crime cometida por um homem de 29 anos, que escondeu droga em um carro para incriminar o próprio pai. A finalização das investigações, em Panorama, foi divulgada na tarde de segunda-feira (6). No dia 25 de janeiro deste ano, a Polícia Militar recebeu uma denúncia de que dois homens estariam em um Fiat Prêmio de cor branca e de que no veículo havia drogas. Os policiais fizeram a localização do carro na Estrada Vicinal Frederico Platzeck, em Panorama. Na revista, foram localizadas no porta-malas porções de cocaína. No automóvel, estavam dois homens, de 44 e 48 anos, que foram levados para a Delegacia da Polícia Civil. Na unidade, o homem mais novo negou o crime, mas o outro assumiu a propriedade do entorpecente e permaneceu detido. A Polícia Civil apurou que o então suposto autor do crime era pai de um rapaz de 29 anos. "Verificaram que este indivíduo já havia simulado o próprio sequestro. Descobriram também que dias antes da localização da droga ele havia ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Sem categoria
04/02/2017

Governo verde: reunião de emergência discutiu a crise no secretariado técnico

DSC03133

O advogado nomeado secretário de Assuntos Jurídicos vai mudar-se para Tupã e terá que trabalhar todos os dias da semana. O prefeito admitiu a falha e quer evitar criticas da Câmara na segunda-feira. Uma reunião de emergência foi realizada na sexta-feira (3) na prefeitura de Tupã para discutir a crise no secretariado escolhido pelo prefeito José Ricardo Raymundo (PV). Até agora não foi feito outra coisa senão dar explicações sobre os “técnicos”. Enquanto um assina documentos na área da Educação sem sequer ter sido nomeado, outro é questionado por não permanecer na pasta e seguir gerenciando um hospital. Pior que isso, é nomear o comandante de Assuntos Jurídicos, especialista em direito público em flagrante desrespeito à Lei Orgânica do Município. Foi exatamente este fato que provocou correria no Paço Municipal assim que amanheceu a sexta-feira (3) com a notícia estampada no blog. Ainda tentaram camuflar a repercussão, mas não foi possível. Às 17 horas, foi realizada uma reunião onde o prefeito Ricardo Raymundo disse que iria consultar o jurídico? Ora, se tivesse consultado o advogado Renato Aparecido Teixeira e a LOM – Lei Orgânica do Município saberia que a nomeação dele é irregular. Morador de João Ramalho, sem endereço fixo no município e, beneficiado com portaria retroativa ao dia 10 de janeiro, ou seja, ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política
02/02/2017

Ilegalidade: nomeação de secretário do Jurídico fere Lei Orgânica de Tupã

DSC03195

Sem assessoria jurídica, prefeito Ricardo Raymundo comete infração à legislação municipal. Parece piada pronta. Secretários técnicos geram mais complicações para o Executivo do que se fossem nomeações políticas. É inequívoca a demonstração de falta de assistência técnica, jurídica e política. Os primeiros 30 dias da administração têm sido sofríveis para as atividades administrativas, haja vista, a última nomeação. Justamente a do secretário de Assuntos Jurídicos, Renato Aparecido Teixeira. Nem mesmo o fato do advogado nomeado ser especialista em direito público e ter sido supostamente indicado pelo deputado federal Evandro Herrera Bertoni Gussi (PV) – doutor em Direito do Estado, impediu que a LOM - Lei Orgânica do Município fosse desrespeitada. É inconcebível para uma administração que quer provar que veio para fazer direito infringir a própria legislação do Município. Nem é preciso invocar um especialista para tratar do assunto. Tanto o prefeito Ricardo Raymundo quanto o vice-prefeito Caio Aoqui (PSD) foram vereadores e, portanto, conhecem a legislação local. Na Seção IV que trata sobre os auxiliares diretos do prefeito, artigo 68 não deixa dúvidas. “Os auxiliares diretos do prefeito serão escolhidos dentre os brasileiros maiores de vinte e um anos, residentes no Município de Tupã, e no exercício dos direitos políticos. REINCIDENTE A administração é reincidente neste quesito. Repete o erro já registrado na indicação do ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Política