ANUNCIE AQUI!
06/08/2020

Valter Moreno é condenado por improbidade, após pressionar Tiago Matias

Valter Moreno nova

O juiz da 3ª Vara Civil, Edson Lopes Filho, determinou a cassação do parlamentar, perdas dos direitos políticos e a arcar com um valor de R$ 100 mil por danos morais coletivos. A sentença proferida ontem (5), condena o réu a perda da função pública, suspensão de seus direitos políticos pelo prazo de 3 anos, pagamento de multa civil correspondente a 5 vezes o valor do subsídio mensal por ele ter recebido como edil, proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário também pelo prazo de 3 anos. No entendimento do magistrado, as ações do parlamentar atentaram contra os princípios da administração pública. Por isso, a Câmara deve ser informada para a cassação do vereador, que já foi substituído pelo suplente da coligação, Luiz Alves de Souza (PC do B). A nova determinação exige que o afastamento seja sem remuneração. Valter Moreno Panhossi também terá que arcar com o valor de R$ 100 mil a título de danos morais coletivos. Leia também: AFASTAMENTO: Ex-presidente da Câmara convoca entrevista parar dar explicações A DENÚNCIA O Tribunal de Justiça de São Paulo já havia decidido pelo afastamento do vereador Valter Moreno do cargo, pela mesma infração praticada ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CorrupçãoJustiçaPolítica
31/07/2020

“Encontrado” o terceiro óbito de “Covid-19″ ocorrido em Tupã

COVID 19

A vítima foi uma idosa de 86 anos, que morreu na quarta-feira (29). Em seguida, outros dois pacientes da Casa Emanuel tiveram a morte confirmada para coronavírus, elevando para 14 o número de vítimas fatais, entre pacientes da entidade e, 19 óbitos no município de Tupã. Com mais esses casos de morte, até ontem, dia 30, 7 pessoas haviam falecido na semana, em Tupã, das quais, 5 foram confirmadas com Covid-19, e 2 suspeitas, elevando para 3 o número de casos aguardando resultado de exames do Instituto Adolfo Lutz. O 3º ÓBITO  O 3º óbito ocorrido entre a noite de quarta e a madrugada de quinta-feira, foi o de uma anciã de 86 anos, sepultada às 14h30, na quadra 53, do Cemitério São João Batista de Presidente Prudente. Nas estatísticas divulgadas ontem no final do dia, pela Prefeitura, ela aparece como morte suspeita (veja ao lado). "Nas últimas horas, 2 mortes suspeitas foram lançadas no Boletim Informativo", explicou o prefeito Caio Aoqui, nesta sexta-feira (31). A reportagem investigou essa morte, considerando o fato de que 3 corpos passaram pela área reservada instalada no Cemitério da Saudade para "guardar" cadáveres de pessoas vitimadas pela doença. A Prefeitura arrumou o local para essa finalidade, após a polêmica envolvendo a Santa Casa e a Funerária São Vicente. DESENTENDIMENTO  Na semana passada, ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadeSaúde
23/07/2020

Santa Casa e funerárias brigam sobre depósito de corpos de vítimas da Covid-19

Houve até ameaça de enterrar corpos durante à noite

A colocação de corpos no Velório Municipal causou revolta de funcionários da Prefeitura que denunciaram exposição ao vírus. Chefe do Executivo vai resolver o impasse. O prefeito Caio Aoqui deve se reunir com a diretoria da Santa Casa para discutir um acordo entre o hospital e as empresas funerárias de Tupã. O número elevado de mortes por Covid-19 nos últimos dias, após o surto que matou 9 idosos assistidos pela Casa Emanuel resultou num entrevero entre as partes. A descoberta do fato pela reportagem aconteceu após o empresário José Garcia Neto, o "Neto da Saúde" se manifestar em uma postagem da fanpage Jotaneves criticando a divulgação do fato. - Boa tarde JOTA NEVES, aqui quem fala é o Neto da São Vicente. Estou tomando a liberdade para falar em nome das empresas Tamoios e Santa Lourdes, que com certeza trabalham dentro dos padrões, pois, estamos mexendo com vidas e não com fofocas. OS FATOS A verdade é que há um decreto do Executivo que regulamenta velórios e a ordem de sepultamentos por conta da pandemia, mas as 9 últimas mortes na sequência, causou uma desorganização neste processo. A Santa Casa acionava o serviço funerário São Vicente e determinava a retirada dos corpos e a empresa os conduzia para o Velório Municipal. De acordo com as informações, quatro corpos ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadeSaúde
13/07/2020

COVID-19: Prefeito Caio Aoqui já trabalha com a possibilidade de fechar o comércio outra vez

comércio fechado

Uma demonstração dessa possibilidade está no fato de ter determinado o encerramento do expediente do comércio mais cedo, no sábado (11). Mas, diante da ação movida pelo Ministério Público, Aoqui deve aguarda manifestação da Justiça. O crescente número de casos de doentes por Covid-19, e a necessidade de internação já fez o prefeito Caio Aoqui tomar uma posição na direção de voltar a restringir o funcionamento do comércio tupãense. Sábado, por exemplo, o comércio deveria permanecer aberto até às 17 horas, mas com a informação de um surto na Casa Emanuel, que mantém idosos assistidos pela Igreja Assembleia de Deus, o chefe do Executivo determinou que as lojas permanecessem abertas somente até às 13 horas. O blog vem mostrando que desde a flexibilização da economia, dia 11 de abril, os números de casos da doença aumentaram substancialmente com maior movimentação de pessoas nas ruas. Outro surto de coronavírus foi constatado na Casa dos Velhos, entre funcionários e pacientes mais 24 casos de Covid-19 foram confirmados durante testes. Na Casa Emanuel 12 pessoas foram diagnosticadas com o vírus, das quais, 6 estavam internadas. Um dos idosos morreu nesta segunda-feira (13). TESTAGEM Há quem afirme erroneamente que os casos de Covid-19 aumentaram por conta da testagem em massa, mas o blog já mostrava mesmo antes desses testes, que ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: CidadeSaúde
07/07/2020

Morador de Varpa chora ao contar o terror do ciclone úmido

44481298_282995822339182_1366555707645624320_n

Mais de 5 mil árvores foram derrubadas pelos ventos de até 100km/h. As ameaças de novos fenômenos deixam todos apavorados. "Eu ainda estou traumatizado", disse o morador na manhã do dia 4 de julho, quase uma semana depois da passagem do ciclone úmido sobre o distrito de Varpa, município de Tupã. Sem identificá-lo, contamos apenas a narrativa vivida na escuridão da madrugada do domingo, dia 28. - Fui acordado pela minha esposa dizendo que a casa estava caindo. Assustado me levantei, peguei uma lanterna e ameacei sair pra fora de casa. Já não tinha energia. O morador conta que ao cair em si, percebeu que nada podia fazer e se tratava de uma tempestade. O ruído do vento arrancando e decepando árvores era intenso e assustador. Depois de 11 longos minutos, o silêncio e o pânico. - Felizmente na minha casa e num depósito que possuo na propriedade poucos danos, ninguém sofreu um arranhão sequer, mas só na minha área, mais de 70 árvores foram derrubadas. A prefeitura havia informado que o ciclone teria danificado cerca de 120 árvores. Essa quantidade é apenas nas vias públicas e praças. Segundo o morador, um levantamento entre os proprietários calcula-se que mais de 5 mil árvores de várias espécies, entre elas, eucaliptos foram destroçadas pelos ventos que atingiram até 100km/h. "Com ...

Continue lendo esta notícia
Postado por: jota Categorias: Cidade